sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

O grande julgamento

Mateus 25
 O grande julgamento

 "Porque tive fome, e me destes de comer, tive sede, e me destes
de beber, era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes;
 enfermo, e me visitastes; preso, e me fostes ver-me. Então, perguntarão os jutos:
Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos
de beber? E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos?
E quando te vimos enfermo ou preso te fomos visitar?
  O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre
que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. ( Mateus 25: 35-40)


 Olá amados, boa noite. Mais uma vez aqui estou para falar da palavra do Senhor, peço ao mesmo que me dê discernimento para passar para vocês só o que for lícito a Ele.
 Bom, hoje vamos falar sobre o amor que temos que ter com o nosso próximo, assim como Deus tem conosco. Percebam nos versículos citados acima o quão importante é para o Senhor e para a nossa salvação, ajudar o nosso irmão. O bem que fazemos para alguém alegra o coração do Pai e nos ajuda a ficar mais próximos do mesmo. 
 Por muitas vezes achamos que o mal que fazemos para uma pessoa passa despercebido, e nos iludimos, pois pode até não ser julgado pelas pessoas em volta, mas lembre-se que os olhos do Senhor estão sempre atentos. A todo momento Ele nos observa e espera de nós  atitudes de amor, compreensão e respeito.
 Meu amado(a) jamais perca a oportunidade de ajudar o próximo, tenha em mente que nós
não sabemos o dia de amanhã, e saiba que podemos ser nós, os necessitados no futuro. Ajudar
é sempre bom, estender a mão para os que precisam sempre nos trás uma paz imensa e uma alegria
sem tamanho.
 Faça o bem, ajude sempre que puder, não negue um ombro amigo para o necessitado. Seja amigo,
seja compreensivo, seja um bom servo do Senhor. Siga os seus passos, assim como Ele abençoou multidões
com suas palavras de consolo, seja útil para o seu irmão.


Essa é a palavra que eu deixo para vocês, espero que leiam e reflitam.
Um grande abraço, fiquem na paz.

Um comentário:

  1. Muito boa a análise deste trecho do Evangelho de Mateus. Que Deus continue lhe abençoando e usando como instrumento para glória dele! - Thales Fernandes de Abreu João

    ResponderExcluir